Carro com som alto gera homicídio em São José do Egito, o acusado é de Itapetim

quinta-feira, 1 de abril de 2010

Uma discussão por conta de som em alto volume causou um homicídio em São José do Egito. O marchante Giomar Duarte da Silva, 32 anos, casado, incomodado com o volume de um som de veículo que estava ligado no "Bar de João da Fava", na Rua José Domingos de Siqueira, foi falar com o proprietário do carro, o protético José Ilzo de Lima, 48 anos, residente na Rua Paulino Soares, s/n, Bairro Paulo VI, município de Itapetim.


Houve discussão e José Ilzo atingiu Giomar com golpes de faca peixeira. A vítima ainda foi levada para Serra Talhada, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu. José Ilzo está foragido. A polícia tem feito diligências para prendê-lo.


Em São José do Egito e Itapetim são muitos os relatos de som automotivo com volume abusivo. Há cerca de um mês, houve um caso de um homem que disparou contra o som automotivo de uma pessoa que estava abusando do volume.


Testemunhas relataram que no centro de Itapetim na noite desta quarta (31) foram vistos pelos menos cinco veículos com som abusivo no centro da cidade.


A Polícia avisa que vai intensificar as rondas, mas solicita que a população ajude identificando e ligando para os números de prontidão na hora do abuso. Em Pernambuco, o Ministério Público lançou campanha de combate à poluição sonora.


Nill Júnior

0 comentários:

Postar um comentário