Ministros e presidentes de instituições bancárias se reúnem com governador

segunda-feira, 5 de julho de 2010

Os municípios poderão sacar os recursos, que são repassados diretamente do Fundo Nacional de Assistência Social (FNAS) aos fundos de assistência social municipais


Os ministros Eduardo Gabas, da Previdência Social; Elói Ferreira, da Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial e o ministro em exercício do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Rômulo Paes de Sousa, visitam hoje as áreas atingidas pelas chuvas nos estados de Pernambuco e Alagoas. Pela manhã, eles se reúnem com o governador de Pernambuco Eduardo Campos, no Palácio do Campo das Princesas, para debater as ações emergenciais implementadas no estado. Também participam do encontro Luiz Carlos Trabucco Cappi, presidente do Bradesco; Adelmir Bendini, presidente do Banco do Brasil; Carlos Borges, vice-presidente da Caixa Econômica Federal; Wiliam Freire, superintendente do setor público do Banco Real, além de um representante do Itaú-Unibanco.


Em seguida será realizado um sobrevoo de helicóptero sob os municípios de Barreiros e Palmares. O período da tarde será dedicado à agenda em Alagoas, com visitas a União dos Palmares, Branquinha e Lagoa do Mundaú e reunião com o governador Teotônio Vilela.


Na terça-feira passada, o ministro Rômulo Paes anunciou a destinação de R$ 8 milhões para os municípios atingidos pelas chuvas em Alagoas e Pernambuco com o objetivo de reestruturar a rede de serviços de proteção social e o atender as famílias vítimas da situação de calamidade e emergência.


Em encontro com o governador Eduardo Campos, o ministro informou que serão R$ 3,765 milhões para Alagoas e R$ 4,33 milhões para Pernambuco. A partir desta segunda-feira, os municípios poderão sacar os recursos, que são repassados diretamente do Fundo Nacional de Assistência Social (FNAS) aos fundos de assistência social dos municípios. A alocação dos recursos depende do tamanho do município e da proporção de pessoas desabrigadas e desalojadas. Palmares, uma das cidades mais atingidas, receberá R$ 250 mil.


Por determinação do presidente Lula, será antecipado o pagamento do Benefício de Prestação Continuada (BPC) nos 39 municípios atingidos pelas chuvas, num total de R$ 49 milhões. Esse programa assegura um salário mínimo mensal para idosos e pessoas com deficiência. Também disse que os parceiros do Fome Zero fizeram doações de chocolates, biscoitos e refrigerantes.


Também será antecipado o pagamento do Índice de Gestão Descentralizada (IGD) referente a maio, junho e julho. Esse recurso é repassado aos municípios para ajudar no trabalho de identificação e atendimento às famílias beneficiárias do Bolsa Família. Serão R$ 1,5 milhão para Pernambuco e R$ 420 mil para Alagoas.


Texto: Diário de Pernambuco – Imagem: Internet


0 comentários:

Postar um comentário