“Ventre Imortal da Poesia” comemora 57 anos de emancipação política

quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

O município de Itapetim, a 416 km de Recife, comemora nesta quarta-feira (29), 57 anos de emancipação política.

No local onde hoje fica a sede municipal, existiu um povoado denominado Umburanas - nome de uma árvore muito comum na região, onde acontecia uma pequena feira-livre. O povoado também foi chamado de São Pedro das Lajes e, posteriormente, tornou-se distrito sob a denominação de Itapetininga.

O nome Itapetim foi dado através de decreto-lei de 31 de dezembro de 1943. O lugar foi elevado à categoria de cidade no dia 29 de dezembro de 1953, desmembrando-se de São José do Egito. O município foi instalado em 1º de junho de 1954.

Segundo o Censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), realizado este ano, Itapetim possui 13.882 habitantes.

Atualmente, o município tem como gestor municipal, Adelmo Moura (PSB), que está em seu terceiro mandato.

Localização

O município está localizado na Macrorregião do Sertão Pernambucano e na Microrregião do Pajeú, com uma área territorial de 408,0 km2, limitando-se ao Norte com o estado da Paraíba, ao Sul com São José do Egito, ao Leste com o estado da Paraíba, ao Oeste com São José do Egito e Brejinho.

A Igreja

Em Itapetim, está localizada a terceira igreja católica mais alta do Nordeste brasileiro, segundo o pároco itapetinense, Adhemar Lucena, 49. A Matriz de São Pedro das Lajes, situada no Centro da cidade, possui 50 metros de comprimento por 30 de largura e uma torre com 48 metros de altura. De acordo com informações de fiéis, os números ainda dariam à “Casa de Deus” o título de igreja mais alta de Pernambuco e a quinta mais alta do Brasil.

A construção da matriz começou em 1914, quando Itapetim ainda era chamada de Umburanas e pertencia ao município de São José do Egito. A obra foi arquitetada pelo padre francês, José Augusto Guerel, que era formado em engenharia civil.

O bem tangível dos católicos só teve sua construção concluída em 1955, 41 anos depois do início da obra, pelo Cônego João Leite Gonçalves, o primeiro vigário. Padre João fixou-se na cidade de Itapetim em 1928, tornando-se um dos grandes vultos da história do município, por defender a emancipação política do local e por ter se transformado num veemente chefe político ligado às forças da direita.

Durante os últimos 55 anos, a matriz, principal cartão postal da cidade, foi reformada por diversas vezes. A última reforma aconteceu no segundo semestre deste ano e durou dois meses e dez dias. De acordo com Maria da Conceição, 35, secretária da paróquia, cerca de R$ 18 mil foram investidos na obra. Desse valor, R$ 8 mil foram gastos com tinta e o restante financiou a mão de obra. Apenas dois profissionais executaram o serviço.

Os itapetinenses formam um número significativo de católicos. Em 29 de junho de cada ano, durante as festas juninas, os fiéis comemoram o Dia do Padroeiro São Pedro. “Os nordestinos são mais religiosos. Vivi no Rio de Janeiro durante 27 anos e percebi que o povo daqui dá mais importância à religião”, disse Amauri Lucena, 38, voluntário da paróquia.

[+] outros dados

Por Jean Philippe, com informações da Diretoria de Cultura | Imagem: Assessoria de Comunicação

13 comentários:

Anônimo disse...

É UMA VERGONHA PRA NOSSA CIDEDA TODOS OS PREFEITOS DE CIDADE VIZINHA FAZEM A FESTA DE EMANCIPAÇÃO POLITICA, E AQUI NÃO TEM NADA, JÁ TÁ NA HORA DE MUDAR DE NOVO.

Josivan Alexandre Ferreira Lima disse...

melhor q esse prefeito não existe meus parabens Adelmo quem critica seu trabalho , não viu Itapetim a oito anos atrás continui assim ta bom demais ...

Anônimo disse...

Com certeza ta comendo lá dentro

Anônimo disse...

Se esse prefeito ta ruim se canidate contra ele vc vai levar outra surra kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

vania disse...

o prefeito é ruim só porque não tem festa?e o que ele fez na cidade ?voce anda comendo festa anonimo ?coloca teu nome, e o certo é cidade não cideda olha bem como está a cidade agora e como era antes ,só porque não tem festa a faça mil favor né ha ha ha

Anônimo disse...

Fia candido ta botano a familia dela toda dentro da prefeitura todos os beneficios que é pra ser do povo geral ela da primeiro a familia dela as casas fia deu uma a piu de gueba onde o mesmo ja´tinha uma casa proximo a compesa ...é uma vergonha fia vc não vai ganhar só com os votos dos candidos... nota zero uma bosta seu trabalho...

Anônimo disse...

VANIA, NO MINIMO VC ´TEM EMPREGO, PORQUE NESSA ALTURA DO CAMPEONATO, SÓ QUEM TÁ ELOGIANDO ESSE GOVERNO DESASTROSO É VC, FAÇA MIL FAVOR, SÓ´QUERO TE FALAR UMA COISA NADA É PRA SEMPRE, E ESTÁ CHEGANDO HORA,POVO TÁ MUITO CALADO.

vania disse...

ô anonimo eu não tenho emprego ai não meu querido eu sou daí mais moro em são paulo á 3 anos nao vivo das custas de prefeitura nao graças a DEUS tá moro na capital tá beijos!!!

Anônimo disse...

Vania, graças a DEUS QUE VC NÃO TEM EMPREGO DE PREFEITURA NEM TÁ AQUI, PRA VER ESSA PANELINHA DE PUXA SACO QUE TEM AQUI, DÁ NOJO ABRAÇOS.

Anônimo disse...

que bom vania,fica com Deus.

Anônimo disse...

e uma vergona podre nao gostei xau mora en natal mas to sabendo de tudo9 oque acontece ai en itapetin xau beyjos pessoal fulera que come ovo cru en quanto eu como do bom e do melhor

Anônimo disse...

sei não viu.

jucie disse...

ITAPETIM; COMEÇO, MEIO E FIM

Impelidos por sol tão causticante
Tropeiros descansavam caravanas
A sombra de frondosa e verdejante
Planta nativa, pérola serrana.
E por ser ali árvore abundante
Também da caatinga veterana
Inspirou-lhes o nome rutilante
Minha terra chamou-se umburanas.

Povo de fé, Irmãos de confiança.
Fizeram do Trabalho o seu enlace
Entregaram A Deus sua esperança
Abraçando a Piedade sem ultraje
Assim foram Eleitos na pujança
O Senhor foi Também seu próprio traje
Trazendo-lhes Indícios de mudanças
Depois de chaMar São Pedro das Lajes.

Tua base foi com pedra construÍda
Em fundamento firme e compeTente
Ninguém jamais viu tua fronte cAída
Passando em tua história o fino Pente
Virgilio inveja teus filhos na EnEida
Frente a labuta foram insisTentes
Encontraram nos versos sua saÍda
Nasceu ITAPETIM precisaMente.

Postar um comentário