Tragédia no Japão: Iguaraciense vive momentos de terror em uma das cidades mais atingidas pelo tsunami

sábado, 12 de março de 2011

A iguaraciense Maria do Socorro Nogueira Nishiyama, natural do Sítio Pedra Atravessada, município de Iguaracy (PE), mora no Japão há sete anos. Casada com Kioshi Alberto Nishiyama tem dois filhos, Alberto Nogueira e Anna Paula Nogueira Nishiyama. Eles moram na cidade de Ibaraki, no Nordeste do país, uma das cidades mais atingidas pelo tsunami causado pelo terremoto de 8,9 na escala Richter.

Desesperados com as informações e imagens da tragédia japonesa, familiares só se tranquilizaram quando conseguiram falar com Socorro. O contato aconteceu ontem (12), depois de muitas tentativas, já que há pane na comunicação no Japão.

“Quando falamos com ela, tinha acabado de voltar a energia em Ibaraki, mas a cidade continuava sem comida, água e gás e com problemas na telefonia fixa e móvel. Estávamos conversando via internet quando começou o tremor”, disse Bruno Lopes, sobrinho de Socorro. Eles passaram a noite na rua, mas tranquilizaram a família, informando que o governo já estava enviando comida, água e cobertores às vítimas. “A casa dela não foi afetada e está servindo de abrigo para vários amigos”, disse Bruno, que reside na casa da mãe, irmã de Socorro, em Iguaracy, no Pajeú.

O último contato entre os familiares aconteceu na noite de ontem, às 22h, horário de Brasília.

Texto editado por: Jean Philippe | Fonte: Nill Júnior | Imagem: Arquivo da família

1 comentários:

patriotajp disse...

AMIRALDO PATRIOTA

O dinheiro não se come

Quando a última árvore tiver caído,
Quando o último rio tiver secado,
Quando o último peixe for pescado,
Vocês vão entender que o dinheiro não se come.

Autor: Desconhecido

Postar um comentário